Cuide da unha encravada de maneira correta.

Cuide da unha encravada de maneira correta.

Publicado por: Monica Publicado: 19/10/2016 Visitas: 2689 Comentários: 0

Qualquer pessoa que já tenha lidado com uma unha encravada sabe quão desagradável e dolorida ela pode se tornar. O termo médico para ela é Onicocriptose, (Unha encravada) e se deixada sem tratamento, pode virar mais do que apenas chateação.

As unhas encravadas não se curam sozinhas, e se a área afetada infecciona, pode ser necessária uma intervenção cirúrgica. É por isso que você deve agir o quanto antes, para que não chegue a este estágio. Mas, pra começar, por que a unha fica encravada?
Primeiramente, é importante saber que qualquer dedo pode ser afetado. No entanto, isso acontece mais frequentemente com o dedão do pé. Mesmo que a genética possa influenciar, existem outros fatores que causam a unha encravada, como:

 

Sapato apertado:

Sapato apertado, ou que não fiquem certo no pé, pode causar danos aos dedos. A ponta da unha pode se direcionar para debaixo da pele, fazendo com que ela cresça na direção errada.

Cortar a unha errado:

Em contraste com os dedos da mão, você não deve cortar a unha do pé em formato oval, e sim, reto. Senão, elas podem ser empurradas para dentro da pele e encravar.

Lesões:

Lesões também podem ser a causa de unhas encravadas. Se as suas unhas foram apertadas abaixo da pele após você acidentalmente bater a unha, a pele ao redor da unha tende a se fechar sobre a unha, o que pode fazer com que a unha e pele cresçam de forma desordenada.

Diabetes:

Pessoas com diabetes que têm unha encravada frequentemente, definitivamente deveriam dizer isso ao médico. Até pequenos ferimentos podem causar grandes problemas. Por isso é importante tratar a unha com regularidade e ser especialmente cuidadoso. Como as pessoas com diabetes têm menos sensibilidade nos pés, elas devem buscar a ajuda de um profissional com frequência.

Como você reconhece uma unha encravada?

“As unhas encravadas são difíceis de serem ignoradas, se alguma doença como a diabetes não deixar o pé dormente”. Elas têm as seguintes características:

  • Dor em toda a base da unha
  • O dedo fica vermelho e inchado
  • Quando a área está infeccionada, às vezes sai pus e sangue.

Se você tem esses sintomas e sua unha está encravada, felizmente existem algumas coisas que você pode fazer, caso ainda não tenha chegado a um estágio mais avançado.

Tratamento:

Procure um profissional para que ele possa tratar o problema de forma adequada para que não volte a incomodar.  Com cuidados simples é possível manter as unhas sempre em bom estado, portanto faça o corte periodicamente e cuide o tipo de calçado que usa, de preferência com bico redondo ou quadrado.

As dicas podem parecer simples, mas são bem úteis:

  • Utilize produtos que auxiliam a remoção de cutículas, como nosso HemoLien
  • Não retire as cutículas, elas protegem as unhas da ação de substâncias químicas e microrganismos.
  • Não use calçados apertados ou de bico fino por muito tempo, prefira os de ponta arredondada para períodos longos de uso.
  • Se notar qualquer alteração na cor ou textura da unha procure um Podólogo
  • Use sabonete antisséptico e seque entre os dedos para evitar a micose interdigital (a famosa frieira)
  • Quando for a uma esteticista aparar as unhas, solicite sempre alicates esterilizados.
  • Para pés ressecados, use creme adequado e passe preferencialmente à noite.
  • Lixar o calcanhar em excesso pode ressecá-lo ainda mais. O mais aconselhável é usar esfoliantes e cremes hidratantes. 

 

CLIQUE AQUI E ADQUIRA O SEU HEMOLIEN!

Tags: unha encravada, cuidados com unha encravada, unha doendo

Comentários

Escreva o comentário

BLOG

LEIA MAIS

 

AGENDA

ACESSE

REVENDEDOR

ACESSE

VALE PRESENTE

LEIA MAIS