O câncer de próstata e o novembro azul

O câncer de próstata e o novembro azul

Publicado por: Top Publicado: 01/11/2018 Visitas: 21 Comentários: 0

O câncer de próstata é o segundo mais comum entre homens no Brasil. Ocorre como consequência de uma proliferação anormal das células e essa proliferação dá a capacidade de as células invadirem o órgão. A próstata é uma glândula localizada na parte baixa do abdômen e somente homens possuem. É um órgão pequeno e em seu interior passa o tubo pelo qual a urina armazenada na bexiga é eliminada.  


O tumor se instala em uma parte qualquer da glândula, a partir disso pode crescer de forma rápida e se espalhar para outros órgãos, causando metástase. Porém, a grande maioria dos tumores, cresce de forma lenta e pode não apresentar sinais ou ameaçar a vida do homem. Os sintomas aparecem, na maioria dos casos, em estágios avançados da doença. Por esse motivo, fazer exames preventivos regularmente é indicado para que o câncer seja descoberto em sua fase inicial. 


Para pacientes que já estão em estágio avançados os sintomas apresentados são: dificuldade ou demora para urinar, jato urinário mais fraco, vontade frequente de urinar, dor ao urinar, sangue no esperma ou urina. O exame preventivo deve ser feito em homens a partir dos 50 anos, mas em casos de risco, deve-se procurar um urologista a partir dos 45 anos. Considera-se casos de risco homens que já tiveram casos de câncer de próstata na família.


O tratamento depende de diversos fatores e dentre eles estão se há metástase e a agressividade da doença. A escolha feita pelo profissional é individualizada, pois deve ser feita uma análise minuciosa do caso. Em geral, o tratamento para casos em que o tumor apresenta baixa agressividade é com cirurgia, radioterapia e observação vigilante. Para casos em que o tumor está em estágio avançado utiliza-se radioterapia ou cirurgia em conjunto com um tratamento hormonal. 

Tags: câncer de próstata, novembro azul

Comentários

Escreva o comentário

BLOG

LEIA MAIS

 

AGENDA

ACESSE

REVENDEDOR

ACESSE

VALE PRESENTE

LEIA MAIS