Porque Pés Diabéticos exigem uma atenção especial?

Porque Pés Diabéticos exigem uma atenção especial?

Publicado por: Marianna Publicado: 22/12/2021 Visitas: 135 Comentários: 0

Porque Pés Diabéticos exigem uma atenção especial?

Diabete é uma doença crônica, considerada grave que ocorre quando o Pâncreas não produz insulina (hormônio que controla a quantidade de glicose no sangue) ou quando não usa de forma eficaz a que produz. Atinge pessoas de todas as idades.
No Brasil, há cerca de 18 milhões de pessoas que vivem com diabetes. Dessas pessoas, 8,9% não sabem que possuem a doença. É importante ficar de olho e fazer exames de rotina para detectar a doença, que é silenciosa e por isso, acaba muitas vezes tendo o seu diagnóstico tardio, o que resulta no aparecimento de complicações, principalmente atingindo os pés e membros inferiores.
A doença, com o passar dos anos, provoca a chamada neuropatia (alterações em nervos que culminam na redução da sensibilidade natural da pele e em mudanças nas estruturas ósseas e musculares, retirando a capacidade de sentir dor). Um pé diabético pode ter uma lesão, um pequeno machucado, que por causa da doença pode evoluir para uma amputação de parte do pé ou o membro todo. Também deixa os pés bastante secos.

Há 3 tipos de Diabete:
O tipo 1: é quando o pâncreas produz pouca ou nenhuma insulina. Geralmente surge na infância ou na adolescência, mas pode ser diagnosticado na fase adulta. Seu tratamento é sempre com insulina, medicamentos, alimentação regular e regrada, e exercícios físicos para auxiliar no controle do nível da glicose.
O tipo 2: aparece mais nos adultos, na faixa dos 40 anos, pois o pâncreas já não produz insulina na quantidade que o corpo necessita. O tratamento é feito com atividades físicas e uma alimentação regular, podendo ou não incluir insulina e medicação para controlar a glicose. Sem açucares e carboidratos na alimentação.
O diabetes gestacional: (aumento dos níveis de açúcar no sangue na gravidez) deve ser tratado para não causar risco à gestante e ao bebê. Caso a grávida não seja tratada, ela pode desenvolver o diabetes para o resto da vida. Por isso, é importante fazer o acompanhamento até o final da gestação.

Os cuidados especiais com os pés diabéticos:
• Lavar os pés em água morna;
- Hidratar os pés diariamente.;
• Secar bem os pés, especialmente entre os dedos;
• Observar os pés todos os dias, em busca de feridas, bolhas, lesões, cortes;
• Utilizar hidratante depois de lavar e secar bem os pés;
• Corte as unhas, de forma que acompanhe o formato dos dedos, sem deixá-las muito curtas e apare as postas com a lixa;
• Vá regularmente a um podólogo;
• Não ande descalço, ou com sapatos apertados para evitar lesões;

Fonte:

https://www.prefeitura.sp.gov.br/cidade/secretarias/saude/noticias/?p=237464

https://www.proteste.org.br/saude-e-bem-estar/doencas/noticia/pes-do-diabetico-exigem-atencao-especial  

https://saude.abril.com.br/coluna/com-a-palavra/pe-diabetico-o-autocuidado-faz-toda-a-diferenca/

 

Tags: , DIABETES, PÉ DIABÉTICO, SAÚDE, BEM ESTAR, CUIDADO, PROTEÇÃO, ATENÇÃO, HIDRATAÇÃO

Comentários

Escreva o comentário

Blog

Leia mais

 

Agenda

Acesse

Revendedor

Acesse

Vale presente

Acesse

Utilizamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso site. Ao continuar navegando você concorda com a nossa Política de Privacidade.