Aromaterapia para Pets

Aromaterapia para Pets

Publicado por: Ana Publicado: 15/02/2019 Visitas: 1267 Comentários: 0

A aromaterapia pode ser tão benéfica para os nossos bichinhos quanto para nós mesmos. Então, se você está preocupado com o uso de óleos essenciais ou está curiosos sobre os benefícios deles para o seu Pet aqui está um guia simples que pode ajudar a responder suas perguntas.

Oleos essenciais que são ótimos para o uso em animais de estimação:
Embora existam alguns OE que não são indicados para o uso em Pets, há uma abundância de óleos essenciais que podem ser usados ​​para ajudá-los. A melhor parte é que todos esses óleos têm grandes benefícios para você também. Aqui estão alguns que você pode usar com segurança em torno e para seus animais de estimação:

  • Cedro: Ajuda a repelir pragas e promover uma pelagem saudável;
  • Lavanda: Uma gota é tudo que você precisa para acalmar e nutrir o seu Pet.;
  • Lemongrass: Pode ser usado com cuidado para um cão saudável e totalmente crescido, ele ajuda a combater pulgas sem o uso de produtos químicos;
  • Gerânio: Uma opção com cheiro adocicado que cura feridas e tem um efeito calmante geral quando difundido;
  • Bergamota: Muito relaxante para cães hiperativos. Quando eles estão superexcitados, tente colocar uma gota na gola do seu cachorro, brinquedo favorito ou cobertor antes de uma viagem;

Regras para cães:

  • Sempre dilua e retenha os óleos essenciais do rosto, nariz e olhos;
  • Não use óleos essenciais em cachorros com menos de 10 semanas de idade.
  • Evite óleo rico em fenol, como orégano, manjericão, canela, tomilho, gaultéria, cravo e sábio especialmente em torno de cachorros e cães em miniatura;

Regras para gatos:

  • Se for difundir, sempre permita que os gatos tenham acesso à área, se necessário. 
  • Dê tempo para o seu gato se familiarizar com o óleo que você usa topicamente.
  • Sempre diluir fortemente e manter os óleos longe de seu rosto, nariz e olhos 
  • Não use óleos essenciais e em torno de gatinhos com menos de 10 semanas de idade 

Obs: Os gatos têm glândulas odoríferas complexas e, embora respondam aos cheiros de maneiras engraçadas, fazendo caretas e contraindo o nariz, em vez de eliminarem os compostos essenciais do óleo, eles os armazenam em seu corpo. Isso pode, com o tempo, levar a um acúmulo tóxico e, eventualmente, a doenças. Por isso, mantenha a aplicação tópica ao mínimo e apenas com gatos saudáveis!

Uso seguro de óleos essenciais:
Se você decidir usar aromaterapia para o seu animal de companhia ou apenas para si mesmo, é importante que você faça o uso seguro de óleos essenciais. Animais de estimação têm um senso de olfato mais forte do que os seres humanos e corpos menores, então o maior erro cometido pelos seus donos é usar muito óleo essencial. Uma das melhores maneiras de evitar esse erro é usar um difusor de aromaterapia de alta qualidade para controlar a quantidade de óleo emitida.


Consulte seu veterinário:

1. Quando se trata de animais e óleos essenciais, sempre recomendamos que os donos de animais de estimação consultem seu veterinário para obter conselhos sobre a maneira correta de usá-los, especialmente com base nas espécies, idade, tamanho e histórico de saúde do animal. 

2. A pesquisa mostra que os óleos essenciais podem ser seguros para cães e gatos e até mesmo muito eficazes, mas somente quando diluídos e / ou usados ​​de maneira apropriada, tempo, lugar e em um assunto específico na quantidade correta. 

3. Usar óleo essencial não diluído em animais é sempre um erro. A menos que seja diluído corretamente, não é recomendado para gatos e, embora possa ser eficaz para cães, nunca o aplique diretamente no animal.

Fonte:

Tags: oleo essencial, aromaterapia, para cães, para gatos, pets, bicinhos, animais, bergamota, gerânio, lavanda, lemongrass, cachorro, gato, benefícios, regras, diluir, oléos essenciais, animais de estimação

Comentários

Escreva o comentário

BLOG

LEIA MAIS

 

AGENDA

ACESSE

REVENDEDOR

ACESSE

VALE PRESENTE

LEIA MAIS