Câncer de Mama, e a importância do Outubro Rosa

Câncer de Mama, e a importância do Outubro Rosa

Publicado por: Marianna Publicado: 01/10/2021 Visitas: 70 Comentários: 0

Câncer de Mama, e a importância do Outubro Rosa

Em 1990 na cidade de Nova York foi feita uma campanha de arrecadação de fundos para as pesquisas da Fundação Susan G. “Komen for the Cure”, referente ao câncer de mama. Esta campanha se tornou um movimento mundial em busca da conscientização para controle da doença, disseminando informações, promovendo ações de autocuidado, exames diagnósticos e tratamento. Contribuindo assim, para a redução da mortalidade. O Brasil, se juntou ao movimento em 2002, quando coloriu o Obelisco Mausoléu ao soldado Constitucionalista, com a cor rosa.
 

O câncer de mama

O câncer de mama é uma doença causada pela multiplicação desordenada de células anormais da mama, formando um tumor que pode invadir outros órgãos. 
Há vários tipos de câncer de mama, alguns têm crescimento rápido, enquanto outros têm um crescimento mais lento. A maioria dos casos, quando tratados adequadamente, e com detecção precoce, apresentam bom prognóstico.
O câncer de mama também afeta os homens, ainda que a grande maioria que apresenta a doença, seja as mulheres.

Cerca de quatro de cinco casos, ocorrem em mulheres acima dos 50 anos. A maioria dos casos são descobertos pela própria mulher, por isso, a importância de a mulher conhecer seu próprio corpo, independentemente da idade.

 

Quais os sintomas?

SINTOMAS COMUNS NO ESTÁGIO INICIAL

  • Nódulo (caroço), fixo e geralmente indolor, que acontece em 90% dos casos quando o câncer é percebido pela própria pessoa;
  • Eritema (vermelhidão na pele);
  • Pequenos nódulos nas axilas ou no pescoço;
  • Saída de líquido anormal pelos mamilos.

SINTOMAS COMUNS NO ESTÁGIO AVANÇADO

  • Inchaço de toda ou parte de uma mama (mesmo que não se sinta um nódulo;
  • Dor na mama ou mamilo;
  • Irritação ou abaulamento de uma parte da mama;
  • Edema (inchaço) da pele;
  • Inversão do mamilo.
     

Como prevenir a doença?

A primeira forma de prevenção, e a mais simples é o autoexame.
O autoexame é feito em 3 passos:

  1. Levante o braço e apalpe a mama com a ponta dos dedos. Faça movimentos circulares em busca de possíveis nódulos e repita o processo do outro lado.
  2. Na mesma posição, aperte os mamilos e observe se eles expelem algum líquido de coloração avermelhada ou anormal.
  3. Por último, apalpe suas axilas em busca de nódulos, dolorosos ou não. Caso encontre algum, procure ajuda médica.

Além do autoexame, uma das outras formas de diagnosticar a doença é o exame da mamografia diagnóstica, que é uma radiografia, realizada por um equipamento de raio-X especial, chamado mamógrafo.
A equipe do AC Camargo, referência em pesquisas e tratamentos contra o câncer, sugere que mulheres realizem mamografia anualmente a partir dos 40 anos de idade, em caráter preventivo.

 

Qual o tratamento?

O tratamento dependerá do estágio em que a doença está. Há o tratamento local realizado com cirurgia ou radioterapia, que usa radiação ionizante. E o tratamento sistêmico, que consiste em quimioterapia, hormonioterapia e terapia biológica. A radioterapia que é um método que utiliza radiação para conter o câncer. O tratamento afeta não somente as células malignas, mas a pele da região tratada, provocando uma espécie de queimadura, chamada de radiodermite (a perda da camada superior da pele).

Alguns cuidados para quem passa por esse processo:

Hidratação                                                                                                          
Manter a pele hidratada ajuda a diminuir o risco e a intensidade das queimaduras.

Área livre                                                                                                                    
Na hora da sessão, a região irradiada deve estar totalmente limpa, sem cremes ou outros produtos. 

Limpeza                                                                                                               
O ideal é higienizar a área uma vez ao dia, de preferência com xampu infantil diluído.

Delicadeza                                                                                                                     
Não use esfoliantes e não esfregue o local, tomando o mesmo cuidado ao se secar com a toalha.

Roupas                                                                                                             
Dispense blusas apertadas, sutiãs com bojo ou metais e prefira tecidos de algodão para evitar irritações.

Amor e Apoio
Nada mais confortante do que enfrentar um momento difícil com as pessoas que você ama por perto e com uma rede de apoio. Busque também ajuda profissional caso necessite, pois é muito importante você estar bem para lutar e vencer!

Fontes de pesquisa

https://delboniauriemo.com.br/saude/cancer-de-mama
https://www.roche.com.br/pt/por-dentro-da-roche/voce-sabe-o-que-e-outubro-rosa.html
https://www.inca.gov.br/assuntos/outubro-rosa
https://www.inca.gov.br/tipos-de-cancer/cancer-de-mama
https://saude.abril.com.br/medicina/a-pele-de-quem-encara-o-cancer/

Tags: outubro rosa, câncer de mama, doença, movimento, tratamento, prevenção

Produtos relacionados

Posts relacionados

Comentários

Escreva o comentário

Blog

Leia mais

 

Agenda

Acesse

Revendedor

Acesse

Vale presente

Acesse

Utilizamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso site. Ao continuar navegando você concorda com a nossa Política de Privacidade.